JOAO GOMES.jpg

João G. R. Júnior

Kardecista - Estudante espírita há 15 anos, instrutor de cursos de formação Kardecista, membro de grupos de estudos, com formação e trabalhos mediúnicos. Espiritualista com tendência e visão construtivista de um novo tempo, com base na história e na busca incessante por conhecimento espiritual.

ARTIGOS E MENSAGENS

Verdadeiro Dirigente Espiritual


Será que todos sabem qual é a verdadeira missão do dirigente espiritual? Infelizmente, muitos ainda não despertaram para o verdadeiro entendimento e cumprimento da missão.
Muitos ainda não entenderam a quão valiosa é sua missão, deixando que suas fraquezas e ambições materialistas ditem o rumo de sua caminhada.
O ser que se torna sacerdote, dirigente espiritual ou líder de qualquer vertente religiosa, deve estar dotado das mais aprimoradas condutas morais, posto que, diante da oportunidade de dar orientação e caminho para os mais necessitados, nos mais variados seguimentos religiosos, precisa praticar tudo aquilo que prega como correto.
Os ensinamentos que fluem através da sua fala, seja ela por conhecimento próprio ou mediunidade, deve ser seguido de exemplos práticos de condutas morais, não importando a dificuldade que se encontra.
O líder religioso, veio com a missão de trazer paz, luz, amor, perdão e caridade ao mundo e suas ações devem ser condizentes com seus ensinamentos.
Não podendo apenas falar, mas sim colocar em prática tudo que pregam. Sendo ele um ponto de luz na terra, enviado por DEUS para que doutrine suas ovelhas perdidas, desgarradas e que não se encontraram em suas caminhadas,
Deve fazer o máximo, primeiramente, para expandir a própria luz, através do conhecimento, entendimento e da prática do amor e da caridade, após isso, estará apto a auxiliar os outros irmãos que ainda não se encontraram.
No mundo em que vivemos, onde o materialismo, a maldade, a mentira, o ódio e a injustiça ainda têm muita força, muitos irmãos necessitam de auxilio, orientação e principalmente caminho, para se livrar de tais chagas da humanidade.
Mas estão inertes e desesperançosos, pois quando buscam auxilio em determinados lugares, tidos como templos religiosos ou casas de Deus, encontram somente lideres prontos para usurpar tudo que for possível dessas pessoas, que estão fragilizadas emocionalmente, vulneráveis ao ponto de se entregar ao primeiro charlatão que usa de palavras bonitas, bem colocadas e impressionismo para atrair e enganar.
Não podemos mais permitir tais ações, não podemos mais concordar que tais situações ocorram, o mundo precisa de luz, paz e amor, não de mais pessoas enganadas por falsos profetas materialistas que só pensam no próprio bem estar, se utilizando das religiões e seus dons para atrair cada vez mais adeptos e seguidores que confiam piamente em suas falas.
O ser que se põe na posição de representar Deus ou uma religião, precisa ter a consciência de que seu papel principal é expandir a própria luz e iluminar os que estão a sua volta e batem à sua porta desesperados em busca de orientação, para se encontrarem em sua própria caminhada. Obrigado pela atenção e até a próxima edição.