top of page

Evento de Conscientização e Protesto contra Intolerância Religiosa

No mês de março, uma data significativa para o povo de axé, seja umbanda, candomblé ou outras tradições, não é apenas um momento de celebração de conquistas, mas também uma oportunidade para buscar melhorias e igualdade. Infelizmente, ainda enfrentamos desafios como a intolerância religiosa, especialmente nas escolas de Mairinque, SP.



Destacamos o caso alarmante da Filha da Mãe Kallyana, que tem sido vítima de agressões físicas e psicológicas na Escola Maria Helena Chesine, localizada no bairro Nova Esperança em Mairinque, SP.


A triste realidade é a ciência e a omissão dos profissionais da escola diante desses atos de violência. Outra aluna, também do axé e filha da yalorixá Mari de Oxum, demonstra excelência em seus estudos, porém enfrenta inúmeros atos de racismo religioso na Escola Estadual Altima Júlia de Oliveira, com omissões da gestão escolar.


Mairinque, situado a 70 km de São Paulo, enfrenta recorrentes casos de intolerância, muitas vezes associados ao fundamentalismo cristão extremo presente na gestão pública. Em 2021, um caso público de intolerância ocorreu na Câmara Municipal, onde a PL 80/21, proposta pela mãe Jandira de Yansã, que instituía o Dia Municipal das Tradições de Matriz Africana e Indígenas, foi tratada com desrespeito e rejeição por fundamentalistas, chegando ao ponto de ser chamada de "PL do Capeta".


Isso evidencia a gravidade da situação, exigindo mais cuidado e proteção por parte das leis municipais.


Portanto, mais do que apenas comemorar o 21 de março, convidamos a todos para se unirem a nós em um ato de protesto. No dia 14 de abril de 2024, às 10:00 da manhã, estaremos ocupando culturalmente a praça da matriz como forma de repúdio aos casos de intolerância e racismo religioso, dando voz àqueles que sofreram calados por tempo demais.


Detalhes do Evento:

- Data: 14 de abril de 2024

- Horário: 10:00 da manhã

- Local: Praça da Matriz, Mairinque, SP


Idealizadores:

- Vereadora Emily Idalgo (Filha de Santo Ilê Babá Megegê) - Contato: 11 94554-4992

- Yalorixá Carol de Ogum (Babá Megegê) - Contato: 11 94533-4198

- Yalorixá Mari de Oxum - Contato: 11 94357-5705

- Tata Pai Rodolfo de Oxóssi (Abassá de Oxóssi e Yemanjá) - Contato: 11 94159-1776 Associado da Federação ATUCO - Website: www.federacaoatuco.com.br


Junte-se a nós nesse movimento pela igualdade e respeito às tradições religiosas africanas e indígenas. Juntos, podemos fazer a diferença.


230 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page