top of page
  • Foto do escritorjornaldoaxe

BABA GÂMBI REALIZA CASAMENTO RELIGIOSO EM AMERICANA

O casamento nas religiões de matriz africana assume cada vez mais espaço e importância, pois carrega consigo valores profundos, refletindo tanto aspectos espirituais quanto culturais.

BABA GÂMBI REALIZA CASAMENTO RELIGIOSO EM AMERICANA

Essas celebrações não se limitam a uma mera formalidade matrimonial, mas incorporam elementos que fortalecem a conexão entre os cônjuges e a comunidade religiosa. E para avançar e construir esta tradição, onde quem é do Axé casa no axé, que Sacerdotes como Babalorixá Gâmby , se destaca e mostra como pode rica culturalmente e também socialmente , não devendo nada as demais religiões.


Na noite do dia 11 de novembro de 2023, a Tenda de Umbanda Pai Gerônimo e Caboclo Caçador, localizada na Rua Josias Silveira Camargo, 189, Vila Santa Catarina, Americana, SP, testemunhou um evento de significância espiritual e cultural: o casamento religioso entre o Pai Patric de Ogum e a Mãe Samira de Iemanjá.


A cerimônia, conduzida por Baba Gâmbi Ty Sangó, presidente e fundador da ABL - Afro Brasil Legaliza, destacou-se como um marco na comunidade religiosa de matriz africana.


A união espiritual, iniciada às 19 horas, foi marcada pela presença de líderes religiosos da cidade de Americana, bem como pelos fiéis da Tenda de Umbanda Pai Gerônimo e Caboclo Caçador. Filhos do Ilé Asé Edún Ará Okún – Axe Pedreira, somaram-se à celebração, iniciando os rituais com a semente sagrada (obí), pedindo permissão aos orixás do panteão yorubano para a realização da cerimônia.


Após a alafiação dos obís, a parte de benção e sacralização teve início, acompanhada de rezas que enalteceram a espiritualidade do momento. A benção das alianças e a consagração da união do casal, Pai Patric de Ogum e Mãe Samira de Iemanjá, diante da sociedade e dos padrinhos, Caroline de Oliveira, Thiago Favaron, Alexandr Rodrigues, Jessica da Silva, Milena Reami, Marcos Rodrigues, Jamile Reami e Murilo Augusto, foram pontos altos da cerimônia.


A celebração não se limitou apenas ao aspecto espiritual, estendendo-se às tradições culturais das religiões de matriz africana. Antes do grandioso jantar, os convidados participaram do tradicional jogo do buquê de rosas brancas, conduzido pela noiva, dando um toque especial à festividade.


A conclusão da cerimônia se deu com um farto banquete oferecido aos presentes, encerrando a noite de maneira memorável. O evento não apenas celebrou o amor entre Pai Patric de Ogum e Mãe Samira de Iemanjá, mas também ressaltou a importância dos sacerdotes do candomblé e da umbanda como referência para celebrações matrimoniais.


BABA GÂMBI REALIZA CASAMENTO RELIGIOSO EM AMERICANA

Estes líderes espirituais, como Baba Gâmbi Ty Sangó, apresentam-se como opção para aqueles que buscam uma cerimônia única, carregada de simbolismo e conectada com as tradições culturais africanas.


Além de consagrar uniões, eles desempenham um papel fundamental na preservação e disseminação da riqueza espiritual e cultural das religiões de matriz africana. Assim, a Tenda de Umbanda Pai Gerônimo e Caboclo Caçador destaca-se como um espaço onde a espiritualidade e a cultura se entrelaçam, proporcionando experiências únicas e significativas para aqueles que buscam a celebração de momentos especiais sob uma perspectiva única e sagrada.


O casamento é considerado uma união abençoada pelos orixás e entidades espirituais presentes nas religiões de matriz africana. A cerimônia busca a bênção dessas entidades, estabelecendo uma conexão espiritual que guiará o casal ao longo de sua jornada conjugal.


Ao realizar o casamento dentro do contexto religioso, os cônjuges reforçam sua fé e comprometimento com os princípios e ensinamentos de suas crenças. A união é vista como uma expressão de devoção aos orixás e à espiritualidade africana.


O casamento religioso nas tradições de matriz africana é uma maneira de preservar e celebrar a rica herança cultural do continente africano, indígenas e afro brasileiros. Os rituais, as vestimentas, e os símbolos utilizados durante a cerimônia são expressões tangíveis dessa herança.


A realização do casamento dentro da tradição religiosa do axé é um ato de respeito e honra às práticas ancestrais e as religiões afrodescendentes e brasileiras. Isso contribui para a manutenção da identidade cultural e para a transmissão desses valores às gerações futuras.


O casamento não é apenas um compromisso entre o casal, mas um evento que envolve toda a comunidade religiosa. A presença de líderes religiosos, padrinhos, e demais membros fortalece os laços comunitários e cria um ambiente de apoio e solidariedade.


A celebração desses casamentos promove a união familiar, não apenas entre os noivos, mas também entre as famílias envolvidas. Isso cria uma rede de apoio e solidariedade que se estende além do casal, abraçando a comunidade como um todo.


Em última análise, a importância e o valor dos casamentos nas religiões de matriz africana residem na busca por uma união espiritual e culturalmente enraizada. Essas cerimônias transcendem o aspecto individual do casal, incorporando elementos que fortalecem a identidade cultural, promovem a espiritualidade e consolidam os laços comunitários.


Ao escolher esse caminho, os noivos afirmam sua dedicação não apenas um ao outro, mas também aos princípios e tradições que moldam suas crenças e modo de vida.

Vamos motivar e isentivar que cada vez mais os filhos, simpatizantes e frequentadores, possam celebrar a cerimonia matriominial dentro da suas casa e quem não tem expêriencia, pode contar com a parceria do Baba Gâmbi visitando seu site




8 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page