top of page

TODOS TEMOS TELHADO DE VIDRO!

Nada é mais triste do que um coração oprimido pela injustiça, um olhar que perde a esperança no futuro, sonhos que são interrompidos e a liberdade que é subtraída por ações injustas.

É uma realidade que atormenta muitos, quando acusações infundadas se sustentam sobre a frágil alicerce da raiva e do desejo de vingança. É um lamento por uma justiça que, em vez de se apoiar em evidências sólidas, se embasa em presunções de culpa, quando deveria ser imparcial e respeitar o direito de defesa. Este é um chamado à reflexão para todos nós, membros desta sociedade que buscam justiça. Devemos abrir os olhos e questionar, para que tais injustiças não voltem a ocorrer. devemos nos questionar sobre o poder das palavras, a influência das redes sociais e da mídia. Devemos lembrar que cada indivíduo merece o direito de ser ouvido, de ter seu lado da história contada, de ter acesso à justiça de maneira justa e imparcial. Os tempos de mobilização social podem ser traiçoeiros. A mídia pode apresentar acusações infundadas e as redes sociais podem rapidamente reunir julgamentos precipitados. Nossa sociedade deve se lembrar de que não devemos julgar com base no que ouvimos dizer. pretendemos esperar até que todos os fatos sejam apresentados, até que as conclusões finais sejam alcançadas. Nossas religiões devem nos guiar nesse processo. lembre-se da importância da solidariedade para com a história de alguém, para com o que realmente conhecemos e vivenciamos. Não devemos menosprezar a história de uma pessoa, de toda uma comunidade, quando avaliamos uma situação. Devemos lembrar que as palavras de acusação, especialmente quando vindas de alguém com ressentimento ou interesse pessoal na desgraça alheia, não devem ser tomadas como verdades absolutas. Contrariamente aos factos, não existem argumentos, mas é crucial considerar a história completa de uma pessoa e da comunidade antes de fazer um julgamento precipitado. Um verdadeiro religioso não lidera campanhas de difusão, não mobiliza uma multidão em julgamento precipitado. Um verdadeiro religioso busca a verdade, apresenta provas, e aguarda o devido processo legal para chegar a uma conclusão justa. Afinal, mesmo com toda a nossa fé, muitos inocentes sofrem devido a um sistema judicial falido, prejudicado pela vaidade e interesses de terceiros. Neste momento, convido todos a refletirem e a terem cuidado para não se tornarem mais um elo na corrente de injustiça. Sejamos justos com a verdade e o tempo. Sejamos aqueles que buscam justiça com imparcialidade, compaixão e sabedoria. Juntos, podemos construir uma sociedade mais justa e equitativa, onde cada pessoa seja ouvida e tratada com dignidade, independente de acusações infundadas. Contionuo firme e determinado a não romper com meus principios e com as verdades que estão a minha frente. Mais ainda, diante do que meus orixas colocam em minha cabeça, onde amizade e familia merecem atenção, palavras vazias, de pessoas perdidas, devem ser desprezadas e melhor avaliadas. Babá Gâmby Ty Sangó " NÃO CONDENO , NÃO ABSORVO , NAO DEFENDO , ISSO É TRABALHO DA JUSTIÇA HUMANA E ESPIRITUAL " KAÔ KABIECILE Texto publicado no perfil pessoal https://www.facebook.com/gambi.desango



108 visualizações1 comentário

1 Comment


Federação Umbanda e Candomblé Afro Brasil Legaliza
Federação Umbanda e Candomblé Afro Brasil Legaliza
Sep 03, 2023

Deixe sua comentário sua opinião é importante👨‍👨‍👧‍👦


Like
bottom of page