top of page
  • Foto do escritorjornaldoaxe

1° Seminário Sobre Intolerância Religiosa Peruíbe-SP

Em uma noite marcante, líderes religiosos de diferentes tradições se reuniram para discutir e combater a intolerância religiosa. O 1° Seminário Sobre Intolerância Religiosa, realizado em 11 de Abril, às 18 horas, na OAB/Peruíbe Sp, foi um evento que transcendeu barreiras e promoveu o diálogo, a compreensão e o respeito mútuo.


1° Seminário Sobre Intolerância Religiosa Peruíbe-SP

União Contra a Intolerância


A Família CRSC Sergipe / Peruíbe Sp e o Sub Núcleo INTECAB Baixada Santista estiveram entre os participantes desse encontro histórico. Juntamente com outras lideranças religiosas, eles compartilharam suas experiências, desafios e estratégias para enfrentar a intolerância religiosa que ainda persiste em nossa sociedade.


Idealizadores e Condução Brilhante


O Professor Brunno Santos e o Sr. Mauricio Teixeira Lima Mauricio foram os idealizadores e condutores desse ato significativo. Na casa de lei e justiça da OAB/Peruíbe Sp, eles deram voz à luta contra a discriminação religiosa. Suas palavras e ações ecoaram como um marco na busca por igualdade e respeito.


A Ferida que Dói Mais


Sabemos que a intolerância religiosa atinge mais fortemente os adeptos das religiões de matriz africana. É uma ferida que dói profundamente, mas também é uma oportunidade para cura e transformação. O respeito mútuo, baseado nas normas das leis, é o melhor remédio para essa ferida.


Estatuto da Igualdade Racial e Constituição Federal


O Artigo 23 do Estatuto da Igualdade Racial é claro: a liberdade de consciência e crença é inviolável. O livre exercício dos cultos religiosos deve ser garantido, assim como a proteção aos locais de culto e suas liturgias. Essa base legal nos fortalece na luta contra a intolerância.


Exemplos em Prol da Igualdade e Respeito Religioso


Os participantes do seminário se comprometeram a ser exemplos em prol da igualdade racial, social e do respeito religioso. Nos territórios municipal, estadual e federal, eles promoverão uma cultura de paz, onde a diversidade religiosa é celebrada e protegida.


Que a mensagem desse seminário ecoe em toda a sociedade, lembrando-nos de que a verdadeira força está na união e na compreensão mútua. Afinal, somos todos parte de uma mesma humanidade, independentemente de nossas crenças. 🕊️🌟


Redação Jornal do Axé

www.jornaldoaxé.com.br Por Baba Luciano







51 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page